11 3395-8160

O Que é o Auxílio Acidente?

Maria Angélica Advogada Previdenciária > Aposentadoria  > O Que é o Auxílio Acidente?

O Que é o Auxílio Acidente?

O auxílio acidente é um benefício concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos segurados que sofreram um acidente de qualquer natureza que resultou em sequelas que reduzam a capacidade para o trabalho. Esse benefício é de natureza indenizatória e não substitutiva, ou seja, ele é pago cumulativamente com o salário ou com outros benefícios previdenciários, exceto a aposentadoria.

Quem Tem Direito ao Auxílio Acidente?

De acordo com a legislação previdenciária brasileira, o auxílio acidente é destinado aos seguintes segurados:

  • Empregados urbanos e rurais.
  • Trabalhadores avulsos.
  • Segurados especiais (como pequenos agricultores que exercem suas atividades em regime de economia familiar).

Os contribuintes individuais e facultativos, no entanto, não têm direito a este benefício.

Exemplos de sequelas que podem dar direito ao Auxílio-Acidente:
– Redução da visão;
– Perda de audição;
– Amputações;
– Deformidades;
– Doenças ocupacionais;
– Limitações de movimento;
– Transtornos psicológicos.

Requisitos para Concessão do Auxílio Acidente

Para ter direito ao auxílio acidente, o segurado deve cumprir alguns requisitos:

  1. Qualidade de segurado: Estar filiado ao INSS na data do acidente.
  2. Incapacidade parcial e permanente: O acidente deve resultar em redução parcial e permanente da capacidade para o trabalho.
  3. Carência: Não há exigência de período de carência para a concessão deste benefício. Ou seja, o auxílio acidente pode ser concedido desde que o segurado esteja na condição de segurado na data do acidente.

Como Solicitar o Auxílio Acidente?

O processo para solicitar o auxílio acidente envolve os seguintes passos:

  1. Agendar Perícia Médica: O segurado deve agendar uma perícia médica no INSS, que avaliará as sequelas do acidente e a redução da capacidade laboral.
  2. Documentação: É necessário apresentar documentos pessoais (como RG e CPF), carteira de trabalho, documentos médicos (como laudos, exames e relatórios) e o Comunicado de Acidente de Trabalho (CAT), se for o caso de acidente de trabalho.
  3. Resultado da Perícia: A concessão do benefício dependerá do resultado da perícia médica, que determinará a existência de sequelas que reduzam a capacidade para o trabalho.

Valor do Benefício

Conforme a EC 103/2019, o valor do auxílio acidente varia de acordo com o grau de redução da capacidade para o trabalho:
– Incapacidade parcial permanente: 50% do salário-base;
– Incapacidade total permanente: 60% do salário-base;
– Incapacidade total temporária: 100% do salário-base.

Cessação do Benefício

O auxílio acidente será pago até a véspera da concessão de qualquer aposentadoria ou até o óbito do segurado. Importante destacar que o benefício não é vitalício. Ele será cessado quando o trabalhador se aposentar ou em caso de falecimento.

Se você sofreu um acidente que resultou em sequelas e deseja entender melhor seus direitos ou necessita de assistência para solicitar o auxílio acidente, entre em contato. A orientação profissional pode ser decisiva para garantir a concessão do benefício de forma adequada e no tempo devido.

Para mais informações e esclarecimentos sobre este e outros benefícios previdenciários, continue acompanhando nosso blog. Estamos aqui para ajudá-lo a entender e exercer seus direitos.

Chame no Whatsapp!